Aplica!

FAQ

Perguntas Frequentes

O Aplica!

O que é o Aplica!?

Através de um serviço individual e especializado, oferecemos orientação para jovens de todo o Brasil que desejem realizar a graduação nos EUA ou no Canadá!

Como funcionam os programas do Aplica!?

Sabemos que cada aluno tem um perfil e objetivos específicos, e por isso todos os nossos programas são estruturados sob medida. Após entender o aluno que chega até nós está buscando, montamos um pacote composto por módulos que melhor atendem às suas necessidades e o detalhamos em uma proposta enviada a ele e seus pais ou responsáveis.

Qual a duração dos programas do Aplica!?

Nossos programas tendem a durar entre 8 e 12 meses, iniciando-se dentro do primeiro semestre do ano e encerrando em abril do ano seguinte.

Quanto custam os programas do Aplica!?

Como cada programa Aplica! é personalizado, o valor de investimento depende do número de horas e da duração do pacote proposto ao aluno.

O Aplica! oferece bolsas?

Neste momento, não. No entanto, nossos valores são competitivos, e oferecemos opções de desconto e formas de pagamento flexíveis, incluindo parcelamento via depósito bancário ou no cartão de crédito.

Como o Aplica! atende seus alunos?

Trabalhamos com sessões de Orientação (em inglês) e de Coaching (em português) individuais via vídeoconferência e oferecemos também revisão de materiais, tais como redações e formulários necessários à aplicação.

Quem pode se inscrever?

Atendemos alunos que estejam cursando o 9º ano do ensino fundamental, o ensino médio, ou que tenham se formado em 2017.

Quero me inscrever! Como faço?

Preencha nosso Questionário de Interesse e lhe informaremos sobre os próximos passos em até dois dias úteis.

O Aplica! oferece orientação para a pós-graduação no exterior?

No momento, não. Recomendamos os serviços de orientação do EducationUSA e o portal Estudar Fora aos interessados em se candidatar a cursos de pós-graduação.


Processo de Aplicação

Qual o fator mais importante no processo de aplicação?

Diferentemente do vestibular, o processo de candidatura à graduação nos EUA e no Canada é holístico e avalia uma combinação de fatores como:

  • Desempenho acadêmico no ensino médio
  • Nível de raciocínio lógico exibido por notas nas provas padronizadas
  • Engajamento em atividades extracurriculares
  • Experiências de vida relatadas através das redações

O quão relevantes são as redações, tal como o Personal Statement?

Muito! Num processo competitivo como o da aplicação, a redação é o que pode fazer a diferença entre dois candidatos com perfis e histórico parecidos. Não há uma fórmula para a redação perfeita -- o importante é que ela seja autêntica, bem escrita, e que revele algo importante sobre você.

Preciso ter serviço comunitário como atividade extracurricular para ser um bom candidato?

Não necessariamente. A atividade extracurricular “certa” será aquela que seja de interesse genuíno do candidato e que impacte positivamente a vida de outras pessoas. Essa atividade pode ser dentro da própria escola (tal como uma posição de liderança no grêmio estudantil) ou na comunidade (através, por exemplo, de trabalho voluntário). É importante que o candidato se dedique a fundo à atividade de que participe -- na aplicação, qualidade e compromisso com poucas atividades valem mais do que uma variedade de atividades de curto envolvimento.

Quais provas padronizadas precisarei realizar?

No geral, o candidato precisará realizar o SAT Reasoning ou o ACT (provas padronizadas que medem a aptitude em leitura e escrita em inglês, matemática e, no caso do ACT, raciocínio científico), o TOEFL ou o IELTS (provas de proficiência em inglês) e dois ou três SAT Subjects (provas complementares ao SAT Reasoning que abordam uma área de conhecimento específica, como Física, Biologia ou História Mundial).

Quando devo realizar o ACT/SAT/TOEFL/IELTS?

Se possível, no primeiro semestre do ano da aplicação. Se não, na primeira data disponível a partir de agosto.


Universidades e Bolsas

Para quantas universidades eu devo aplicar?

O número varia de candidato para candidato, mas recomendamos entre 8 e 12 universidades de níveis diferentes de seletividade.

Como eu descubro o nível de seletividade de uma universidade?

O site do College Board disponibiliza informações sobre a porcentagem de aceitação e as notas em provas padronizadas de alunos recentemente admitidos a cada universidade. Não é uma comparação perfeita, mas com esses dois índices o candidato consegue avaliar se está dentro do perfil de admissão, abaixo do perfil, ou acima do perfil.

Se eu nunca ouvi falar de uma universidade, significa que ela não seja boa?

Nada disso! Existem mais de 4.000 universidades somente nos EUA, e não é possível ter ouvido falar de todas elas. Neste quesito, é importante pesquisar a universidade para entender o que ela tem a oferecer e se ela se encaixa dentro do seu perfil. Uma universidade pode não ser conhecida no Brasil mas ter muito prestígio na sua área no exterior.

Qual a diferença entra bolsas (scholarships) e auxílio financeiro (financial aid)?

Bolsas costumam ser oferecidas de acordo com o mérito do aluno, enquanto o auxílio financeiro é oferecido de acordo com a sua necessidade financeira. A maioria das universidades que oferecem bolsas são menos seletivas, enquanto que as mais competitivas oferecem apenas auxílio financeiro.

É possível conseguir bolsa ou auxílio financeiro de 100%?

Sim, porém esses são casos extremamente raros. Alunos que recebem bolsas ou auxílio financeiro de 100% precisam ter notas altíssimas na escola e nas provas padronizadas, atividades extracurriculares relevantes e engajadoras, cartas de recomendação impactantes, fluência na escrita em inglês e redações de destaque. Vale lembrar que mesmo uma bolsa integral não cobrirá gastos com obtenção de visto, passagens aéreas, livros-texto e despesas do dia-a-dia que o aluno venha a ter durante a graduação.